ATUAÇÃO

Dados mostram que caminho é incentivar micro e pequenas empresas

11 de setembro de 2018

"Para a recuperação econômica, é preciso apoiar os pequenos negócios geridos por empresários que acreditam e investem no Brasil", afirma Rodrigo

Os dados do emprego em 2018 mostram que a Câmara dos Deputados acertou ao defender medidas de apoio às micro e pequenas empresas, avalia o líder do Democratas, deputado Rodrigo Garcia (SP). “Este é o caminho para a recuperação econômica: apoio aos pequenos negócios geridos por empresários que acreditam e investem no Brasil”, disse, ao apoiar iniciativas que facilitem o acesso ao crédito oferecido pelo BNDES. “O BNDES não pode ser, como foi nos tempos do PT, um banco para poucos setores”, afirmou.
Rodrigo Garcia refere-se aos dados do CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgados pelo Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Pelo sétimo mês consecutivo, as micro e pequenas empresas foram as principais responsáveis pela criação de postos de trabalho no País. No mês de julho, o saldo de empregos registrado pelas micro e pequenas empresas representou 72% do total de empregos gerados em todo o Brasil. “É a continuidade de uma longa etapa de recuperação”, disse. Enquanto as pequenas empresas tiveram saldos positivos de emprego em todos os meses de 2018, as médias e grandes só registraram saldos positivos em março, abril, maio e julho.
Na Câmara, o líder Rodrigo Garcia tem defendido a bandeira do empreendedorismo e dos empresários que acreditam no País. Ele votou pela derrubada dos vetos presidenciais ao Refis das micro e pequenas empresas (MPEs). A proposta de Refis para micro e pequenas empresas autoriza a renegociação de débitos tributários até novembro de 2017 em até 180 parcelas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

Dados mostram que caminho é incentivar micro e pequenas empresas

"Para a recuperação econômica, é preciso apoiar os pequenos negócios geridos por empresários que acreditam e investem no Brasil", afirma Rodrigo

Os dados do emprego em 2018 mostram que a Câmara dos Deputados acertou ao defender medidas de apoio às micro e pequenas empresas, avalia o líder do Democratas, deputado Rodrigo Garcia (SP). “Este é o caminho para a recuperação econômica: apoio aos pequenos negócios geridos por empresários que acreditam e investem no Brasil”, disse, ao apoiar iniciativas que facilitem o acesso ao crédito oferecido pelo BNDES. “O BNDES não pode ser, como foi nos tempos do PT, um banco para poucos setores”, afirmou.
Rodrigo Garcia refere-se aos dados do CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgados pelo Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Pelo sétimo mês consecutivo, as micro e pequenas empresas foram as principais responsáveis pela criação de postos de trabalho no País. No mês de julho, o saldo de empregos registrado pelas micro e pequenas empresas representou 72% do total de empregos gerados em todo o Brasil. “É a continuidade de uma longa etapa de recuperação”, disse. Enquanto as pequenas empresas tiveram saldos positivos de emprego em todos os meses de 2018, as médias e grandes só registraram saldos positivos em março, abril, maio e julho.
Na Câmara, o líder Rodrigo Garcia tem defendido a bandeira do empreendedorismo e dos empresários que acreditam no País. Ele votou pela derrubada dos vetos presidenciais ao Refis das micro e pequenas empresas (MPEs). A proposta de Refis para micro e pequenas empresas autoriza a renegociação de débitos tributários até novembro de 2017 em até 180 parcelas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!