ATUAÇÃO

Itapeva recebe 1.043 casas do Morar Bem, Viver Melhor

18 de janeiro de 2018

O Governo do Estado de São Paulo entregou, nesta quinta-feira (18/1), 1.043 casas do Morar Bem, Viver Melhor para famílias de Itapeva. As unidades do Residencial Morada do Bosque foram viabilizadas pela Casa Paulista, braço operacional da Secretaria Estadual da Habitação, no âmbito do acordo de cooperação entre o Governo de São Paulo e o Governo Federal, pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

“Nós, do Governo Federal, buscamos, hoje, acelerar nossas ações para entregar mais casas. Com isso, também geramos renda e emprego. Em Itapeva, temos um exemplo de união de esforços entre os governos, em que trabalhamos para dar dignidade às famílias e para o crescimento de um País melhor”, discursou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

O investimento total foi de R$ 83,4 milhões, dos quais R$ 10,4 milhões são oriundos do Estado, a fundo perdido, e R$ 73 milhões, da União. A Caixa Econômica Federal é o agente financeiro.

“São 1.043 famílias que irão pagar de R$ 25 a R$ 80 de prestação e sair do aluguel para uma vida nova em um residencial com toda infraestrutura. Neste empreendimento, nós investimos R$ 10 milhões a fundo perdido, por meio da Casa Paulista. Todas as casas já são equipadas com aquecedores solares. Até o momento, em parceria com o Governo Federal, já entregamos 76 mil unidades e estão em obras mais de 35 mil”, afirmou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Todas as moradias foram destinadas a famílias com renda mensal de até R$ 1.800 (público-alvo da Casa Paulista). Os beneficiados, que não podem ter participado anteriormente de programa habitacional, terão 120 meses para a quitação do imóvel. A menor prestação é de R$ 80/mês e a maior de R$ 270/mês. O Governo do Estado está aplicando, a fundo perdido, R$ 10 mil por moradia.

“É uma satisfação entregar essas 1.043 casas. A alegria das famílias é muito grande. Elas aguardavam isso há anos, pagando aluguel ou morando de favor, e hoje estão realizando o sonho da casa própria”, disse o secretário estadual da Habitação de São Paulo, Rodrigo Garcia.

As novas unidades respeitam e incorporaram as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade da Secretaria de Estado da Habitação, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, medição individualizada de água, aquecimento solar para chuveiro e acessibilidade, entre outras melhorias. Os condomínios contam com completa infraestrutura urbana, pavimentação, paisagismo, iluminação pública e redes de água e de esgoto e elétrica, áreas de lazer, centro comunitário, playground, quadra poliesportiva e espaço para estacionamento.

O mecânico Denis Oliveira Moraes, de 31 anos, agora se sente mais aliviado para criar seus quatro filhos. Casado com a auxiliar de serviços gerais Camila Kassins, de 30 anos, ele se livrou de um aluguel de R$ 500 por mês, que pagou durante sete anos, para assumir uma prestação de R$ 80 mensais. “É um grande alívio sair do aluguel. Agora, eu tenho a minha família mais unida para o recomeço de uma nova vida. É um momento inesquecível para nós”, falou.

“A Secretaria de Estado da Habitação sempre esteve atuante com o aporte da Casa Paulista na realização deste empreendimento. E, também, o trabalho de todos os governos gerou a concretização do sonho da casa própria de mais de 1 mil famílias”, disse o prefeito de Itapeva, Luiz Antônio Hussne.

Trabalho desde 2011

Na região de Itapeva, foram 4.038 HISs – Habitações de Interesse Social entregues. Mais 2.290 estão com obras em andamento e outras 760, programadas, o que representa R$ 227,9 milhões dispensados pelos dois braços operacionais da pasta – CDHU e Casa Paulista.

Parceria
Em janeiro de 2012, o Governo do Estado selou parceria com o Governo Federal para a viabilização de mais 100 mil novas moradias no Estado paulista, meta superada em dezembro de 2014. O acordo é executado pela Casa Paulista, agência de fomento habitacional lançada pelo governador Geraldo Alckmin em setembro de 2011, e pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. Os agentes financeiros executores são a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

Morar Bem, Viver Melhor
Reúne todas as ações e investimentos em habitação, como infraestrutura, urbanização, requalificação, acessibilidade, qualidade das construções e equipamentos, cuidados com o meio ambiente e qualidade de vida para as famílias atendidas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

Itapeva recebe 1.043 casas do Morar Bem, Viver Melhor

O Governo do Estado de São Paulo entregou, nesta quinta-feira (18/1), 1.043 casas do Morar Bem, Viver Melhor para famílias de Itapeva. As unidades do Residencial Morada do Bosque foram viabilizadas pela Casa Paulista, braço operacional da Secretaria Estadual da Habitação, no âmbito do acordo de cooperação entre o Governo de São Paulo e o Governo Federal, pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

“Nós, do Governo Federal, buscamos, hoje, acelerar nossas ações para entregar mais casas. Com isso, também geramos renda e emprego. Em Itapeva, temos um exemplo de união de esforços entre os governos, em que trabalhamos para dar dignidade às famílias e para o crescimento de um País melhor”, discursou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

O investimento total foi de R$ 83,4 milhões, dos quais R$ 10,4 milhões são oriundos do Estado, a fundo perdido, e R$ 73 milhões, da União. A Caixa Econômica Federal é o agente financeiro.

“São 1.043 famílias que irão pagar de R$ 25 a R$ 80 de prestação e sair do aluguel para uma vida nova em um residencial com toda infraestrutura. Neste empreendimento, nós investimos R$ 10 milhões a fundo perdido, por meio da Casa Paulista. Todas as casas já são equipadas com aquecedores solares. Até o momento, em parceria com o Governo Federal, já entregamos 76 mil unidades e estão em obras mais de 35 mil”, afirmou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Todas as moradias foram destinadas a famílias com renda mensal de até R$ 1.800 (público-alvo da Casa Paulista). Os beneficiados, que não podem ter participado anteriormente de programa habitacional, terão 120 meses para a quitação do imóvel. A menor prestação é de R$ 80/mês e a maior de R$ 270/mês. O Governo do Estado está aplicando, a fundo perdido, R$ 10 mil por moradia.

“É uma satisfação entregar essas 1.043 casas. A alegria das famílias é muito grande. Elas aguardavam isso há anos, pagando aluguel ou morando de favor, e hoje estão realizando o sonho da casa própria”, disse o secretário estadual da Habitação de São Paulo, Rodrigo Garcia.

As novas unidades respeitam e incorporaram as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade da Secretaria de Estado da Habitação, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, medição individualizada de água, aquecimento solar para chuveiro e acessibilidade, entre outras melhorias. Os condomínios contam com completa infraestrutura urbana, pavimentação, paisagismo, iluminação pública e redes de água e de esgoto e elétrica, áreas de lazer, centro comunitário, playground, quadra poliesportiva e espaço para estacionamento.

O mecânico Denis Oliveira Moraes, de 31 anos, agora se sente mais aliviado para criar seus quatro filhos. Casado com a auxiliar de serviços gerais Camila Kassins, de 30 anos, ele se livrou de um aluguel de R$ 500 por mês, que pagou durante sete anos, para assumir uma prestação de R$ 80 mensais. “É um grande alívio sair do aluguel. Agora, eu tenho a minha família mais unida para o recomeço de uma nova vida. É um momento inesquecível para nós”, falou.

“A Secretaria de Estado da Habitação sempre esteve atuante com o aporte da Casa Paulista na realização deste empreendimento. E, também, o trabalho de todos os governos gerou a concretização do sonho da casa própria de mais de 1 mil famílias”, disse o prefeito de Itapeva, Luiz Antônio Hussne.

Trabalho desde 2011

Na região de Itapeva, foram 4.038 HISs – Habitações de Interesse Social entregues. Mais 2.290 estão com obras em andamento e outras 760, programadas, o que representa R$ 227,9 milhões dispensados pelos dois braços operacionais da pasta – CDHU e Casa Paulista.

Parceria
Em janeiro de 2012, o Governo do Estado selou parceria com o Governo Federal para a viabilização de mais 100 mil novas moradias no Estado paulista, meta superada em dezembro de 2014. O acordo é executado pela Casa Paulista, agência de fomento habitacional lançada pelo governador Geraldo Alckmin em setembro de 2011, e pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. Os agentes financeiros executores são a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

Morar Bem, Viver Melhor
Reúne todas as ações e investimentos em habitação, como infraestrutura, urbanização, requalificação, acessibilidade, qualidade das construções e equipamentos, cuidados com o meio ambiente e qualidade de vida para as famílias atendidas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!