ATUAÇÃO

Estado de São Paulo investe em programa para idosos

24 de julho de 2012

O Programa São Paulo Amigo do Idoso, lançado pelo governador Geraldo Alckmin em maio de 2012, vai investir R$ 121,7 milhões em ações para melhorar a qualidade de vida da população com mais de 60 anos. Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, o programa vai construir 249 Centros de Convivência e 100 Centros Dia para Idosos em todo o Estado.

SP Amigo do Idoso atua nos pilares da Proteção, Educação, Saúde e Participação, que se baseiam no conceito de “Envelhecimento Ativo” da Organização Mundial de Saúde (OMS) com independência, assistência, autorrealização e dignidade para os idosos.

Com o aumento da expectativa de vida, até 2050 a população idosa deverá representar 22% da população mundial. O Censo IBGE 2010 apontou 10,8% da população brasileira acima dos 60 anos; no Estado de São Paulo a terceira idade já representa 11% dos habitantes.

Com o envolvimento de toda a população de São Paulo, de diversas faixas etárias e grupos culturais, o programa é uma junção de iniciativas que vai dar oportunidade aos idosos de levar uma vida mais ativa e integrada à sociedade.

COMENTÁRIOS (0)

Desejo receber os boletins informativos de Rodrigo Garcia.

ATUAÇÃO

Estado de São Paulo investe em programa para idosos

O Programa São Paulo Amigo do Idoso, lançado pelo governador Geraldo Alckmin em maio de 2012, vai investir R$ 121,7 milhões em ações para melhorar a qualidade de vida da população com mais de 60 anos. Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, o programa vai construir 249 Centros de Convivência e 100 Centros Dia para Idosos em todo o Estado.

SP Amigo do Idoso atua nos pilares da Proteção, Educação, Saúde e Participação, que se baseiam no conceito de “Envelhecimento Ativo” da Organização Mundial de Saúde (OMS) com independência, assistência, autorrealização e dignidade para os idosos.

Com o aumento da expectativa de vida, até 2050 a população idosa deverá representar 22% da população mundial. O Censo IBGE 2010 apontou 10,8% da população brasileira acima dos 60 anos; no Estado de São Paulo a terceira idade já representa 11% dos habitantes.

Com o envolvimento de toda a população de São Paulo, de diversas faixas etárias e grupos culturais, o programa é uma junção de iniciativas que vai dar oportunidade aos idosos de levar uma vida mais ativa e integrada à sociedade.

COMENTÁRIOS (0)

Desejo receber os boletins informativos de Rodrigo Garcia.