ATUAÇÃO

Rodrigo assina autorização para início de obras da barragem do rio Pardo

25 de novembro de 2019

O governador em exercício do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, assinou nesta quinta-feira (21/11) a autorização para o início das obras da Barragem de Acumulação de Água do Rio Pardo, em Botucatu. Ele estava acompanhado do prefeito Mário Pardini e do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido. Serão investidos R$ 53,5 milhões na obra. A represa vai garantir a segurança hídrica da cidade pelas próximas décadas.

“Essa obra de mais de R$ 50 milhões vai dar segurança hídrica a Botucatu. Ajudando a principal cidade que é Botucatu, damos segurança hídrica também para várias cidades da região, pois, várias nascentes deságuam no rio Pardo. Essa barragem vai reservar água para os momentos de seca e de dificuldade”, destaca Rodrigo Garcia.
A barragem ocupará uma área de 150 hectares e armazenará água para o abastecimento público. A obra ainda vai regularizar a vazão de água bruta do rio Pardo à sua jusante (sentido do fluxo da água) a um patamar de 800 litros por segundo, sendo que a necessidade de consumo para a população de Botucatu é de 520 litros por segundo.
A previsão é de que a construção da represa seja concluída no primeiro semestre de 2022. Após o término da obra, haverá o enchimento do reservatório, o plantio compensatório de 160 mil mudas de árvores nativas e manutenção. Assim, a barragem do rio Pardo deve entrar em operação até o final de 2023.
Atualmente, a captação de água é feita diretamente no curso do rio, deixando o município vulnerável durante períodos de estiagem. Com a nova barragem, Botucatu terá reserva suficiente para um ano de abastecimento sem necessidade de medidas drásticas, como o racionamento de água.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

Rodrigo assina autorização para início de obras da barragem do rio Pardo

O governador em exercício do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, assinou nesta quinta-feira (21/11) a autorização para o início das obras da Barragem de Acumulação de Água do Rio Pardo, em Botucatu. Ele estava acompanhado do prefeito Mário Pardini e do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido. Serão investidos R$ 53,5 milhões na obra. A represa vai garantir a segurança hídrica da cidade pelas próximas décadas.

“Essa obra de mais de R$ 50 milhões vai dar segurança hídrica a Botucatu. Ajudando a principal cidade que é Botucatu, damos segurança hídrica também para várias cidades da região, pois, várias nascentes deságuam no rio Pardo. Essa barragem vai reservar água para os momentos de seca e de dificuldade”, destaca Rodrigo Garcia.
A barragem ocupará uma área de 150 hectares e armazenará água para o abastecimento público. A obra ainda vai regularizar a vazão de água bruta do rio Pardo à sua jusante (sentido do fluxo da água) a um patamar de 800 litros por segundo, sendo que a necessidade de consumo para a população de Botucatu é de 520 litros por segundo.
A previsão é de que a construção da represa seja concluída no primeiro semestre de 2022. Após o término da obra, haverá o enchimento do reservatório, o plantio compensatório de 160 mil mudas de árvores nativas e manutenção. Assim, a barragem do rio Pardo deve entrar em operação até o final de 2023.
Atualmente, a captação de água é feita diretamente no curso do rio, deixando o município vulnerável durante períodos de estiagem. Com a nova barragem, Botucatu terá reserva suficiente para um ano de abastecimento sem necessidade de medidas drásticas, como o racionamento de água.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!