ATUAÇÃO

Rodrigo entrega, na região de Bauru, 169 moradias do Morar Bem, Viver Melhor

8 de dezembro de 2017

O secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia, entregou na tarde de hoje (8/12) 55 unidades habitacionais no município de Itaju. Em seguida, mais 114 moradias em Boraceia. Os conjuntos habitacionais foram viabilizados pelo Morar Bem, Viver Melhor, por meio da CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo. Os eventos aconteceram nas duas cidades que ficam localizadas na região de Bauru.

No empreendimento Itaju C, as 55 habitações entregues são uma parcial das 114 casas em construção. Nas obras de hoje, foram investidos R$ 6,9 milhões. No conjunto todo, são R$ 14,1 milhões. Em setembro deste ano, foi realizado o sorteio das famílias contempladas, no Ginásio de Esportes Denner Bazza.

“Nós nos dedicamos a essas obras para que as pessoas pudessem passar essa data tão especial que é o Natal em suas novas casas. Das 114 casas, hoje estamos entregando 55. Essa foi uma das obras mais rápidas que tivemos no Estado. Começamos em maio do ano passado e, um ano e meio depois, já estamos fazendo a entrega de praticamente metade do conjunto. Em breve, entregaremos o restante”, afirmou o secretário Rodrigo, em Itaju.

As casas têm dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro. São unidades com 56,67 m² de área construída. Os imóveis possuem piso cerâmico e laje em toda a edificação, azulejos no banheiro e na cozinha, esquadrias de alumínio, cobertura em estrutura metálica, calçada de acesso à unidade habitacional e aquecedor solar instalado.

A outra entrega de hoje foi a última parte do conjunto Boraceia F que estava em obras. Nas 114 unidades habitacionais entregues nesta sexta, foram investidos R$ 12,8 milhões. Ao todo, são 180 unidades que somam R$ 20,2 milhões investidos. O sorteio dos beneficiados foi feito em novembro de 2016, no Centro de Eventos Culturais e Ambientais.

“Quando me chamaram pelo nome completo no sorteio, meu mundo tremeu”, contou, rindo a dona de casa Rosiléia Coelho Cruz, de 49 anos. Ela, o marido e o filho não veem a hora de se mudar. “Eu e meu marido temos problemas de saúde e gastamos com remédios e tratamentos. Isso pesa na hora de pagar nosso aluguel de R$ 500. Na nossa casa nova, a prestação será de R$ 219. Bem mais em conta”, afirma.

A CDHU atende famílias com renda entre um e dez salários mínimos, priorizando as que recebem até três. Outros requisitos para participar do programa são: morar ou trabalhar no município há pelo menos cinco anos, não ser proprietário de imóvel e não ter financiamento habitacional.

A infraestrutura dos residenciais dispõe de muros de divisa entre os lotes, redes de água e esgoto doméstico, rede elétrica e iluminação pública, drenagem, pavimentação asfáltica, guias, sarjetas e passeio público.

Desde 2011, a região de Bauru recebeu 4.652 moradias populares, por meio da CDHU e da Casa Paulista, braços operacionais da Secretaria de Estado da Habitação. Além disso, há 467 habitações de interesse social.

Morar Bem, Viver Melhor
Reúne todas as ações e investimentos da Secretaria de Estado da Habitação, como infraestrutura, urbanização, requalificação, acessibilidade, qualidade das construções e equipamentos, cuidados com o meio ambiente e qualidade de vida para as famílias atendidas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

Rodrigo entrega, na região de Bauru, 169 moradias do Morar Bem, Viver Melhor

O secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia, entregou na tarde de hoje (8/12) 55 unidades habitacionais no município de Itaju. Em seguida, mais 114 moradias em Boraceia. Os conjuntos habitacionais foram viabilizados pelo Morar Bem, Viver Melhor, por meio da CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo. Os eventos aconteceram nas duas cidades que ficam localizadas na região de Bauru.

No empreendimento Itaju C, as 55 habitações entregues são uma parcial das 114 casas em construção. Nas obras de hoje, foram investidos R$ 6,9 milhões. No conjunto todo, são R$ 14,1 milhões. Em setembro deste ano, foi realizado o sorteio das famílias contempladas, no Ginásio de Esportes Denner Bazza.

“Nós nos dedicamos a essas obras para que as pessoas pudessem passar essa data tão especial que é o Natal em suas novas casas. Das 114 casas, hoje estamos entregando 55. Essa foi uma das obras mais rápidas que tivemos no Estado. Começamos em maio do ano passado e, um ano e meio depois, já estamos fazendo a entrega de praticamente metade do conjunto. Em breve, entregaremos o restante”, afirmou o secretário Rodrigo, em Itaju.

As casas têm dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro. São unidades com 56,67 m² de área construída. Os imóveis possuem piso cerâmico e laje em toda a edificação, azulejos no banheiro e na cozinha, esquadrias de alumínio, cobertura em estrutura metálica, calçada de acesso à unidade habitacional e aquecedor solar instalado.

A outra entrega de hoje foi a última parte do conjunto Boraceia F que estava em obras. Nas 114 unidades habitacionais entregues nesta sexta, foram investidos R$ 12,8 milhões. Ao todo, são 180 unidades que somam R$ 20,2 milhões investidos. O sorteio dos beneficiados foi feito em novembro de 2016, no Centro de Eventos Culturais e Ambientais.

“Quando me chamaram pelo nome completo no sorteio, meu mundo tremeu”, contou, rindo a dona de casa Rosiléia Coelho Cruz, de 49 anos. Ela, o marido e o filho não veem a hora de se mudar. “Eu e meu marido temos problemas de saúde e gastamos com remédios e tratamentos. Isso pesa na hora de pagar nosso aluguel de R$ 500. Na nossa casa nova, a prestação será de R$ 219. Bem mais em conta”, afirma.

A CDHU atende famílias com renda entre um e dez salários mínimos, priorizando as que recebem até três. Outros requisitos para participar do programa são: morar ou trabalhar no município há pelo menos cinco anos, não ser proprietário de imóvel e não ter financiamento habitacional.

A infraestrutura dos residenciais dispõe de muros de divisa entre os lotes, redes de água e esgoto doméstico, rede elétrica e iluminação pública, drenagem, pavimentação asfáltica, guias, sarjetas e passeio público.

Desde 2011, a região de Bauru recebeu 4.652 moradias populares, por meio da CDHU e da Casa Paulista, braços operacionais da Secretaria de Estado da Habitação. Além disso, há 467 habitações de interesse social.

Morar Bem, Viver Melhor
Reúne todas as ações e investimentos da Secretaria de Estado da Habitação, como infraestrutura, urbanização, requalificação, acessibilidade, qualidade das construções e equipamentos, cuidados com o meio ambiente e qualidade de vida para as famílias atendidas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!