ATUAÇÃO

Rodrigo entrega 577 moradias do Morar Bem, Viver Melhor na Capital

22 de dezembro de 2017

O Governo do Estado de São Paulo entregou, nesta sexta-feira (22/12), 577 moradias do Morar Bem, Viver Melhor em Lajeado e Cangaíba (Zona Leste), Jaraguá (Noroeste) e Jabaquara (Zona Sul), beneficiando mais de 500 famílias. As unidades foram viabilizadas pela CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo, braço operacional da Secretaria Estadual da Habitação.

O investimento total do Governo Paulista nas moradias é de R$ 89,8 milhões. Foram entregues 84 unidades habitacionais (de um total de 148) em Lajeado; 39 uhs em Cangaíba; 404 uhs no Jaraguá e 50 uhs no Jabaquara. “Este conjunto habitacional no Jaraguá gerou 1 mil empregos diretos e outros 2 mil, indiretos. Hoje, no Estado de São Paulo, por meio das nossas obras, há 110 mil postos de trabalho. É desta forma que combatemos a crise, investindo, movimentando a economia com geração de empregos”, declarou o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Lajeado
As 84 moradias do conjunto “Lajeado I” têm investimento de R$ 13,5 milhões do Governo do Estado. No total, são 148 unidades, sendo que 64 estão em obras com previsão de entrega para agosto de 2018, totalizando um investimento de R$ 23,9 milhões no residencial. Essas moradias fazem parte do Programa Gestão Compartilhada. “Graças aos esforços de nossas equipes, chegamos neste momento tão importante para essas famílias. Os novos empreendimentos trazem segurança e dignidade para muitas pessoas”, disse o secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia.

“A gente entrou nesse projeto sem muitas expectativas. No começo, ainda não tinha terreno para construir esses prédios. Não tinha nada, mas eu nunca perdi a fé. Rezei muito para ser contemplada com uma casa que, agora, posso chamar de minha”, exclamou a cozinheira Maria, que vai deixar o aluguel de R$ 600 para trás e investir nas prestações de R$ 175 em seu novo apartamento, no quarto andar do bloco E.

Cangaíba
As 39 moradias do “Cangaíba B” receberam um investimento de R$ 6,4 milhões do Estado. Mais de 80% das famílias beneficiárias têm renda de até três salários mínimos. Essas moradias também são fruto do programa Gestão Compartilhada.

Um dos novos moradores do conjunto, o auxiliar-administrativo Alexandre Mendes, de 32 anos, contou que desde que teve o filho Lucas, de quatro anos, com sua esposa, Paula Mendes, morava de favor e não via a hora de mudar essa situação. “Valeu cada minuto de luta que tivemos e o resultado é a realização de um sonho”, disse Paula.

Jaraguá L2/L3
O conjunto “Jaraguá L2”, com 200 moradias, tem investimento de R$ 29,5 milhões. Já o “Jaraguá L3”, com 204 moradias, recebeu investimentos da ordem de R$ 30 milhões. O valor total de investimento é de R$ 59,5 milhões.

Durante a entrega no Jaraguá, foi assinado convênio entre a Casa Paulista e a Prefeitura de Novo Horizonte para a urbanização de 604 lotes no Loteamento Residencial Alto do Taquaral, com previsão de conclusão de três anos.

“Só hoje, esse é o terceiro evento que vou de entrega de casas. Até o final da tarde de hoje, vamos entregar 577 novas moradias. Gostaria de dar os parabéns a cada família que está recebendo sua casa e desejar que sejam muito felizes”, anunciou o presidente da CDHU, Nedio Rosselli, durante a entrega das chaves.

Jabaquara
As 50 moradias do “Jabaquara E” receberam investimento de R$ 10,7 milhões. As famílias beneficiárias são oriundas de remoção para realização das obras da linha 9-Esmeralda da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que serão realocadas no novo conjunto. O convênio estabelece à CPTM a responsabilidade pelo pagamento do valor da indenização ao qual o beneficiário tem direito, além de subsidiar integralmente as famílias por meio da CDHU.

As novas unidades respeitam e incorporam as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade da Secretaria de Estado da Habitação, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, medição individualizada de água, acessibilidade, entre outras melhorias, e infraestrutura completa. Os condomínios dispõem de pavimentação, paisagismo, espaço reservado para estacionamento, quadra poliesportiva, playground, área de lazer, centro comunitário e portaria.

Gestão Compartilhada
O Programa Gestão Compartilhada inclui a produção de moradias em parceria com entidades organizadoras, em atuação direta da CDHU na promoção de empreendimentos habitacionais resultantes de editais de seleção já realizados ou em atuação da Companhia em apoio à Secretaria da Habitação/Casa Paulista na parceria com a União – Programa Minha Casa, Minha Vida-Entidades. Tais parcerias podem contar com terrenos desapropriados pela Companhia, sendo que, nos empreendimentos desenvolvidos diretamente pela CDHU, a parceria com as entidades abrange, entre outros, orientação social ao grupo alvo, participação sociocomunitária, inserção social, apoio à cidadania e orientação para gestão e manutenção da unidade e do condomínio.

Morar Bem, Viver Melhor
Reúne todas as ações e investimentos em habitação, como infraestrutura, urbanização, requalificação, acessibilidade, qualidade das construções e equipamentos, cuidados com o meio ambiente e qualidade de vida para as famílias atendidas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

Rodrigo entrega 577 moradias do Morar Bem, Viver Melhor na Capital

O Governo do Estado de São Paulo entregou, nesta sexta-feira (22/12), 577 moradias do Morar Bem, Viver Melhor em Lajeado e Cangaíba (Zona Leste), Jaraguá (Noroeste) e Jabaquara (Zona Sul), beneficiando mais de 500 famílias. As unidades foram viabilizadas pela CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo, braço operacional da Secretaria Estadual da Habitação.

O investimento total do Governo Paulista nas moradias é de R$ 89,8 milhões. Foram entregues 84 unidades habitacionais (de um total de 148) em Lajeado; 39 uhs em Cangaíba; 404 uhs no Jaraguá e 50 uhs no Jabaquara. “Este conjunto habitacional no Jaraguá gerou 1 mil empregos diretos e outros 2 mil, indiretos. Hoje, no Estado de São Paulo, por meio das nossas obras, há 110 mil postos de trabalho. É desta forma que combatemos a crise, investindo, movimentando a economia com geração de empregos”, declarou o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Lajeado
As 84 moradias do conjunto “Lajeado I” têm investimento de R$ 13,5 milhões do Governo do Estado. No total, são 148 unidades, sendo que 64 estão em obras com previsão de entrega para agosto de 2018, totalizando um investimento de R$ 23,9 milhões no residencial. Essas moradias fazem parte do Programa Gestão Compartilhada. “Graças aos esforços de nossas equipes, chegamos neste momento tão importante para essas famílias. Os novos empreendimentos trazem segurança e dignidade para muitas pessoas”, disse o secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia.

“A gente entrou nesse projeto sem muitas expectativas. No começo, ainda não tinha terreno para construir esses prédios. Não tinha nada, mas eu nunca perdi a fé. Rezei muito para ser contemplada com uma casa que, agora, posso chamar de minha”, exclamou a cozinheira Maria, que vai deixar o aluguel de R$ 600 para trás e investir nas prestações de R$ 175 em seu novo apartamento, no quarto andar do bloco E.

Cangaíba
As 39 moradias do “Cangaíba B” receberam um investimento de R$ 6,4 milhões do Estado. Mais de 80% das famílias beneficiárias têm renda de até três salários mínimos. Essas moradias também são fruto do programa Gestão Compartilhada.

Um dos novos moradores do conjunto, o auxiliar-administrativo Alexandre Mendes, de 32 anos, contou que desde que teve o filho Lucas, de quatro anos, com sua esposa, Paula Mendes, morava de favor e não via a hora de mudar essa situação. “Valeu cada minuto de luta que tivemos e o resultado é a realização de um sonho”, disse Paula.

Jaraguá L2/L3
O conjunto “Jaraguá L2”, com 200 moradias, tem investimento de R$ 29,5 milhões. Já o “Jaraguá L3”, com 204 moradias, recebeu investimentos da ordem de R$ 30 milhões. O valor total de investimento é de R$ 59,5 milhões.

Durante a entrega no Jaraguá, foi assinado convênio entre a Casa Paulista e a Prefeitura de Novo Horizonte para a urbanização de 604 lotes no Loteamento Residencial Alto do Taquaral, com previsão de conclusão de três anos.

“Só hoje, esse é o terceiro evento que vou de entrega de casas. Até o final da tarde de hoje, vamos entregar 577 novas moradias. Gostaria de dar os parabéns a cada família que está recebendo sua casa e desejar que sejam muito felizes”, anunciou o presidente da CDHU, Nedio Rosselli, durante a entrega das chaves.

Jabaquara
As 50 moradias do “Jabaquara E” receberam investimento de R$ 10,7 milhões. As famílias beneficiárias são oriundas de remoção para realização das obras da linha 9-Esmeralda da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que serão realocadas no novo conjunto. O convênio estabelece à CPTM a responsabilidade pelo pagamento do valor da indenização ao qual o beneficiário tem direito, além de subsidiar integralmente as famílias por meio da CDHU.

As novas unidades respeitam e incorporam as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade da Secretaria de Estado da Habitação, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, medição individualizada de água, acessibilidade, entre outras melhorias, e infraestrutura completa. Os condomínios dispõem de pavimentação, paisagismo, espaço reservado para estacionamento, quadra poliesportiva, playground, área de lazer, centro comunitário e portaria.

Gestão Compartilhada
O Programa Gestão Compartilhada inclui a produção de moradias em parceria com entidades organizadoras, em atuação direta da CDHU na promoção de empreendimentos habitacionais resultantes de editais de seleção já realizados ou em atuação da Companhia em apoio à Secretaria da Habitação/Casa Paulista na parceria com a União – Programa Minha Casa, Minha Vida-Entidades. Tais parcerias podem contar com terrenos desapropriados pela Companhia, sendo que, nos empreendimentos desenvolvidos diretamente pela CDHU, a parceria com as entidades abrange, entre outros, orientação social ao grupo alvo, participação sociocomunitária, inserção social, apoio à cidadania e orientação para gestão e manutenção da unidade e do condomínio.

Morar Bem, Viver Melhor
Reúne todas as ações e investimentos em habitação, como infraestrutura, urbanização, requalificação, acessibilidade, qualidade das construções e equipamentos, cuidados com o meio ambiente e qualidade de vida para as famílias atendidas.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!