ATUAÇÃO

Rodrigo participa de reunião do Conselho de Desenvolvimento

31 de outubro de 2017

O secretário estadual da Habitação, Rodrigo Garcia, participou, na manhã desta segunda-feira (30/10) de mais uma reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo, presidida pelo prefeito João Dória, na praça das Artes. Em sua apresentação, Rodrigo anunciou que os trabalhos para o planejamento de habitação para toda Região Metropolitana de São Paulo já começaram. A região é composta por 39 municípios, incluindo a Capital.

“Junto dos prefeitos e dos técnicos municipais, estamos criando um plano metropolitano na área de habitação. Já temos um sistema de informações montado pelo Estado e, agora, vamos complementar com informações específicas de cada uma das cidades, para que possamos avaliar os assentamentos precários, as comunidades, as favelas e o tipo de intervenção que será feito em cada município. Isso depende de recursos, mas, mais que recursos, precisamos de planejamento sobre onde esses recursos públicos devem ser aplicados. Hoje, demos o primeiro passo para ter o Plano de Habitação da Região Metropolitana de São Paulo”, explicou Rodrigo Garcia.

O Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo foi criado para servir como principal forma de deliberação sobre planos, programas, projetos e obras estratégicas a serem executados nessa Região e é composto pelos prefeitos e prefeitas de cada município integrante da região, além de representantes do Estado vinculados aos campos funcionais de interesse comum.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

Rodrigo participa de reunião do Conselho de Desenvolvimento

O secretário estadual da Habitação, Rodrigo Garcia, participou, na manhã desta segunda-feira (30/10) de mais uma reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo, presidida pelo prefeito João Dória, na praça das Artes. Em sua apresentação, Rodrigo anunciou que os trabalhos para o planejamento de habitação para toda Região Metropolitana de São Paulo já começaram. A região é composta por 39 municípios, incluindo a Capital.

“Junto dos prefeitos e dos técnicos municipais, estamos criando um plano metropolitano na área de habitação. Já temos um sistema de informações montado pelo Estado e, agora, vamos complementar com informações específicas de cada uma das cidades, para que possamos avaliar os assentamentos precários, as comunidades, as favelas e o tipo de intervenção que será feito em cada município. Isso depende de recursos, mas, mais que recursos, precisamos de planejamento sobre onde esses recursos públicos devem ser aplicados. Hoje, demos o primeiro passo para ter o Plano de Habitação da Região Metropolitana de São Paulo”, explicou Rodrigo Garcia.

O Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo foi criado para servir como principal forma de deliberação sobre planos, programas, projetos e obras estratégicas a serem executados nessa Região e é composto pelos prefeitos e prefeitas de cada município integrante da região, além de representantes do Estado vinculados aos campos funcionais de interesse comum.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!