ATUAÇÃO

SUSP vai inovar no combate à criminalidade, acredita líder Rodrigo Garcia

12 de março de 2018

“Os criminosos apostam no sucateamento das forças de segurança, na corrupção e nas dificuldades de fiscalização num país de dimensões continentais como o Brasil”, ponderou. “Por isso, o SUSP pode ser uma resposta, trazendo inovações para a segurança pública”, aposta.

Nessa semana a Câmara deve votar o projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública (SUSP – PL 3734/12), e o líder do Democratas na Casa, deputado Rodrigo Garcia (SP), afirmou que a proposta pode ser uma ferramenta importante no combate ao crime. “Os criminosos apostam no sucateamento das forças de segurança, na corrupção e nas dificuldades de fiscalização num país de dimensões continentais como o Brasil”, ponderou. “Por isso, o SUSP pode ser uma resposta firme, trazendo inovações para a segurança pública”, aposta.

Relatado pelo também democrata Alberto Fraga (DF), o SUSP propõe, entre outras coisas, uma integração mais efetiva entre as polícias Federal, Rodoviária Federal, Ferroviária Federal, civis e militares, além dos corpos de bombeiros militares e de Força Nacional. “Essa integração é fundamental para dar maior agilidade no compartilhamento de informações e de ativos de inteligência”, ressaltou Rodrigo.

O parlamentar paulista reforçou a importância da fiscalização nas fronteiras e lembrou do PL 1530/15, de autoria de outro democrata, deputado Efraim Filho (PB), que endurece as penas para o crime de contrabando. “Estamos fazendo nossa parte e vamos continuar trabalhando pelo combate ao crime em todas as suas formas”, concluiu.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

SUSP vai inovar no combate à criminalidade, acredita líder Rodrigo Garcia

“Os criminosos apostam no sucateamento das forças de segurança, na corrupção e nas dificuldades de fiscalização num país de dimensões continentais como o Brasil”, ponderou. “Por isso, o SUSP pode ser uma resposta, trazendo inovações para a segurança pública”, aposta.

Nessa semana a Câmara deve votar o projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública (SUSP – PL 3734/12), e o líder do Democratas na Casa, deputado Rodrigo Garcia (SP), afirmou que a proposta pode ser uma ferramenta importante no combate ao crime. “Os criminosos apostam no sucateamento das forças de segurança, na corrupção e nas dificuldades de fiscalização num país de dimensões continentais como o Brasil”, ponderou. “Por isso, o SUSP pode ser uma resposta firme, trazendo inovações para a segurança pública”, aposta.

Relatado pelo também democrata Alberto Fraga (DF), o SUSP propõe, entre outras coisas, uma integração mais efetiva entre as polícias Federal, Rodoviária Federal, Ferroviária Federal, civis e militares, além dos corpos de bombeiros militares e de Força Nacional. “Essa integração é fundamental para dar maior agilidade no compartilhamento de informações e de ativos de inteligência”, ressaltou Rodrigo.

O parlamentar paulista reforçou a importância da fiscalização nas fronteiras e lembrou do PL 1530/15, de autoria de outro democrata, deputado Efraim Filho (PB), que endurece as penas para o crime de contrabando. “Estamos fazendo nossa parte e vamos continuar trabalhando pelo combate ao crime em todas as suas formas”, concluiu.

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!