ATUAÇÃO

Vice lança licitação do reservatório Cava da Pedreira

20 de maio de 2021

Empreendimento prevê a ampliação da capacidade de produção do Sistema Produtor Jurubatuba, em Guarujá

O vice-governador e secretário de Governo do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, junto à Sabesp, lançou nesta quinta-feira (20/5/2021) a licitação para as obras de implantação do reservatório de água Cava da Pedreira, em Guarujá. O lançamento do edital ocorreu em cerimônia on-line, com a participação do diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga; do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Carlão Pignatari; do prefeito de Guarujá, Valter Suman; dos secretários de Estado Marcos Penido (Infraestrutura e Meio Ambiente) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional); dos diretores da Sabesp Alceu Segamarchi Jr., Mônica Porto e Ricardo Borsari, entre outras autoridades.

“É uma alegria ver, hoje, um projeto estruturante e tão importante sendo realizado pela Sabesp. É um projeto pensado pelo plano diretor da Baixada e viabilizado pelo governador João Doria. Água é vida e é fundamental para a saúde pública. E garantir a segurança hídrica para o Guarujá e para todos da Baixada Santista é um compromisso que está sendo cumprido”, destacou o vice-governador Rodrigo Garcia.

“Estamos cumprindo o compromisso com o desenvolvimento sustentável. E não há como falar de desenvolvimento social sem a garantia do abastecimento de água”, disse o secretário Marcos Penido. “É um sonho sendo realizado. A gente sabe da importância dessa obra para a Baixada”, reforçou o secretário Marco Vinholi.

Segundo o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga, a obra tem como objetivo resolver situações causadas por estiagem e alta demanda. “Com este reservatório suprindo completamente as demandas do Guarujá, não só o município como toda a Baixada Santista será beneficiada”, explicou.

A construção do reservatório vem para aumentar a segurança hídrica em Guarujá, principalmente, nos períodos de estiagem ou de alto consumo (verão). Nos últimos anos, a Sabesp executou planejamento visando uma alternativa para garantir a normalidade do abastecimento da região. Após a realização de estudos, a opção técnica e economicamente viável foi a utilização da Cava da Pedreira Engebrita como reservatório, alternativa indicada no Plano Diretor da Baixada Santista.

O empreendimento da Cava da Pedreira prevê ainda obras para a ampliação da produção do Sistema Produtor de Água Jurubatuba dos atuais 2 mil para 2,5 mil litros de água por segundo, beneficiando mais de 320 mil pessoas de Guarujá. A capacidade de volume útil do reservatório é de 3 bilhões de litros de água bruta.

Pelo projeto, também haverá interligação das adutoras de água bruta já existentes ao novo reservatório que será implantado. Por meio de um conjunto de bombeamento, a vazão de água para abastecimento será equalizada. O projeto inclui ainda equipamentos de geração hidrelétrica para suprir até 20% da energia consumida pela estação elevatória de água, gerando economia de recursos. O dispositivo terá potência de 714 kW.

Além dos moradores de Guarujá, o empreendimento proporciona também o desenvolvimento sustentável de toda a Baixada, uma vez que estimula a atividade turística na região.

O orçamento previsto para investimento é de R$ 133,6 milhões e o prazo para execução das obras é de 60 meses, a partir da assinatura do contrato com o vencedor da licitação, prevista para o segundo semestre deste ano. A expectativa de início de obra é em 2022.

Veja o vídeo sobre o reservatório: https://www.youtube.com/watch?v=weT7kp5Qz58

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!

ATUAÇÃO

Vice lança licitação do reservatório Cava da Pedreira

Empreendimento prevê a ampliação da capacidade de produção do Sistema Produtor Jurubatuba, em Guarujá

O vice-governador e secretário de Governo do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, junto à Sabesp, lançou nesta quinta-feira (20/5/2021) a licitação para as obras de implantação do reservatório de água Cava da Pedreira, em Guarujá. O lançamento do edital ocorreu em cerimônia on-line, com a participação do diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga; do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Carlão Pignatari; do prefeito de Guarujá, Valter Suman; dos secretários de Estado Marcos Penido (Infraestrutura e Meio Ambiente) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional); dos diretores da Sabesp Alceu Segamarchi Jr., Mônica Porto e Ricardo Borsari, entre outras autoridades.

“É uma alegria ver, hoje, um projeto estruturante e tão importante sendo realizado pela Sabesp. É um projeto pensado pelo plano diretor da Baixada e viabilizado pelo governador João Doria. Água é vida e é fundamental para a saúde pública. E garantir a segurança hídrica para o Guarujá e para todos da Baixada Santista é um compromisso que está sendo cumprido”, destacou o vice-governador Rodrigo Garcia.

“Estamos cumprindo o compromisso com o desenvolvimento sustentável. E não há como falar de desenvolvimento social sem a garantia do abastecimento de água”, disse o secretário Marcos Penido. “É um sonho sendo realizado. A gente sabe da importância dessa obra para a Baixada”, reforçou o secretário Marco Vinholi.

Segundo o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga, a obra tem como objetivo resolver situações causadas por estiagem e alta demanda. “Com este reservatório suprindo completamente as demandas do Guarujá, não só o município como toda a Baixada Santista será beneficiada”, explicou.

A construção do reservatório vem para aumentar a segurança hídrica em Guarujá, principalmente, nos períodos de estiagem ou de alto consumo (verão). Nos últimos anos, a Sabesp executou planejamento visando uma alternativa para garantir a normalidade do abastecimento da região. Após a realização de estudos, a opção técnica e economicamente viável foi a utilização da Cava da Pedreira Engebrita como reservatório, alternativa indicada no Plano Diretor da Baixada Santista.

O empreendimento da Cava da Pedreira prevê ainda obras para a ampliação da produção do Sistema Produtor de Água Jurubatuba dos atuais 2 mil para 2,5 mil litros de água por segundo, beneficiando mais de 320 mil pessoas de Guarujá. A capacidade de volume útil do reservatório é de 3 bilhões de litros de água bruta.

Pelo projeto, também haverá interligação das adutoras de água bruta já existentes ao novo reservatório que será implantado. Por meio de um conjunto de bombeamento, a vazão de água para abastecimento será equalizada. O projeto inclui ainda equipamentos de geração hidrelétrica para suprir até 20% da energia consumida pela estação elevatória de água, gerando economia de recursos. O dispositivo terá potência de 714 kW.

Além dos moradores de Guarujá, o empreendimento proporciona também o desenvolvimento sustentável de toda a Baixada, uma vez que estimula a atividade turística na região.

O orçamento previsto para investimento é de R$ 133,6 milhões e o prazo para execução das obras é de 60 meses, a partir da assinatura do contrato com o vencedor da licitação, prevista para o segundo semestre deste ano. A expectativa de início de obra é em 2022.

Veja o vídeo sobre o reservatório: https://www.youtube.com/watch?v=weT7kp5Qz58

COMENTÁRIOS (0)

Os comentários estão fechados!